Translate

quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Convívio de Natal do Centro de dia de Espinhosela - 7 de dezembro de 2019
Grupo Cantares D´Ántanho



















Fotografias de Fernando Cordeiro

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Quadra Popular
Aprendi a costurar,
Já estou bem arrependida,
Passa o meu amor à porta,
Eu na costura entretida.

Quadra Popular
Quando Deus criou o Mundo,
Também criou o luar,
Também criou os meus olhos,
Bonitos para te amar.

Quadra Popular
Entre as flores do campo,

O rosmaninho é rei.

Apartaste-te de mim,

Choraste, também chorei!
Quadra popular:
Eu hei-de me ir sentar,
No circo que leva a lua,
Só para ver o meu amor,
E as voltas que ele dá na rua.


Quadra popular:
Óh quem me dera ser lua,

Para no teu quarto entrar,

Queria-te cobrir de beijos,

Como te cobre o luar.
Quadra Popular:
Ó luar envergonhado,
Retira-te lá dos Céus,
Que os olhos do meu amor,
Brilham mais do que os teus.

Quadra Popular:
Minha terra é Nuzedo,
Tuizelo minha freguesia,
Em Nuzedo fui baptizado,
Naquela sagrada pia.

Quadra Popular:
Sei um saco de cantigas,
E um cesto até ao arco,
Vou cantando as do cesto,
Antes que desate o saco.

Quadra Popular:

A tua mãe deu-te amor,

A minha contrário tem sido,

Na vida tudo tem feito,

Para não casar contigo.

Quadra Popular:
És bonita e formosa,

És delicada em tudo,

Mal o haja o pouco ter,

É o que desmancha tudo.

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

São Martinho nos Chãos 10 de novembro 2019
Grupo Cantares D´Antanho
















Fotografias: Fernando Cordeiro

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Quadra Popular:
Mal o haja tanto rato,
E também tantas formigas,
Que me roeram os livros,
Onde eu tinha as cantigas.
Quadra Popular:
António foi o primeiro,
Que no meu peito entrou.
Hás-de ser o redadeiro,
Juro à fé de quem sou.
Quadra Popular:
António lindo António,
Que lindo amor tenho eu,
Gosto tanto do teu nome,
Não sei se tu gostas do meu.
Quadra Popular:
Vinha descendo a rua,
Ouvi cantar e parei,
A cantiga era linda,
Quem a cantava não sei.
Quadra Popular:
Á entrada desta rua,
Numa pedra me sentei,
Jamais me sai da lembrança,
Um amor que ali deixei.
Quadra Popular:
Dei um ai entre dois cumes,
Responderam as montanhas,
Mesmo que queira não posso,
Tuas ausências tamanhas.
Quadra Popular:
O cantar da meia-noite,
É um cantar de alegria,
Alegra os anjos no céu,
Também a Virgem Maria.
Quadra Popular:
Tudo requer a idade,
Tudo requer o que é seu,
O peixe fora da água,
Fora da água morreu!
Quadra Popular:
O meu cantar te dá pena,
O meu chorar alegria,
Hei-de andar sempre a cantar,
A chorar nem um só dia!


Quadra Popular:
Não canto por bem cantar,

Nem por boa voz ter,

É só para cegar os olhos,

A quem me não pode ver.

 

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Quadra Popular:
Maria não tenhas pena,
Não vale a pena chorar,
Quem canta seu mal espanta,
Quero viver a cantar.

Quadra Popular:

Passou, passou, passou,
Passou ainda agora,
Passou à um bocadinho,
Ainda não há meia hora.